Como lidar com a sensibilidade dos seios na menopausa

Seios na menopausa

Sensibilidade nos seios? A culpa é das hormonas. A interrupção hormonal que se associa a grande parte dos sintomas menopáusicos também contribui para a irritabilidade e dores que as mulheres sentem nos seios. Felizmente, este é um dos sintomas que melhora com o avanço da menopausa.

Porque é que doem tanto?

A sensibilidade e dor nos seios é um sintoma que afecta maioritariamente as mulheres que vivem a fase perimenopáusica, ou seja, o período também conhecido como “climatério”, sendo nesta altura que se registam as primeiras oscilações hormonais e os mais fortes dos efeitos secundários. Quem sofreu destes sintomas durante a menstruação (normalmente nas 2 semanas antes do período), provavelmente enfrentará o mesmo tipo de sensações no início da menopausa. Para além disso, as mulheres com seios maiores têm uma maior probabilidade de não só sentir este tipo de sensibilidade, mas ter também dores nos ombros, pescoço e costas. Felizmente, a partir da perimenopausa há uma grande tendência para este tipo de desconforto e irritabilidade no peito desaparecer por completo.

Dor cíclica vs. dor não cíclica

A maioria das mulheres sofre de dores cíclicas nos seios, ou seja, sente dor, desconforto e sensibilidade em ambos os seios, na sua totalidade e, por vezes, até na zona da axila. A dor não cíclica manifesta-se apenas num seio e normalmente na zona central.

Medidas a tomar

  • Algumas alterações alimentares – como reduzir o consumo de sal, café, chá e chocolate ou aumentar o consumo de vitaminas do grupo B, ómega 3 e soja – podem ser benéficas para aliviar e prevenir a sensação de seios doridos. Um suplemento de vitamina E também é recomendado.
  • As terapias naturais apontam o consumo de óleo de linhaça, óleo de borragem e óleo de sementes de groselha como sendo igualmente eficaz no tratamento da sensibilidade dos seios na menopausa.
  • Se um bom sutiã sempre foi crucial para apoio e conforto, hoje é-lo mais do que nunca – pense em renovar o seu stock e até adquirir um sutiã feito à medida. Ainda neste âmbito, invista num bom sutiã desportivo para as suas sessões de exercício físico.
  • Por vezes, dormir com o sutiã pode aliviar as dores e a irritabilidade dos seios.
  • Uma auto-massagem relaxante com recurso a óleos essenciais adequados é algo que pode fazer no conforto da sua casa, para um alívio gradual.  
  • Compressas quentes ou frias são outra solução natural que oferecem algum alívio – experimente ambos para poder decidir qual delas resulta melhor no seu caso concreto.
  • Se as dores e o desconforto persistirem, consulte o seu médico que lhe pode receitar um bom analgésico ou anti-inflamatório, e que é sempre recomendado ter por perto para momentos de S.O.S.
A sua votação: